Arte e Cultura

  • Ampliar e fortalecer as políticas de Cultura e Arte, a partir da descentralização e autogestão das ações – incluindo todos os campi – tanto dos órgãos da SECARTE como dos cursos de Cinema, Teatro, Jornalismo, Letras e Design.
  • Fortalecer o Departamento Artístico Cultural (DAC), ampliando suas atividades e intensificando a aproximação com os demais setores da SECARTE a partir de estí- mulos a projetos como Madrigal, Orquestra da UFSC, Teatro da Igrejinha, Cinema e dança.
  • Instituir editais destinados à Produção Independente, visando gerar conteúdo audiovisual para a TV UFSC e outras TVs públicas.
  • Criar espaços culturais na UFSC com o objetivo de propiciar manifestações artísticas e culturais espontâneas, como poesia, música e teatro.
  • Instituir festivais de música valorizando os talentos da UFSC.
  • Trabalhar para que a Editora da UFSC (EdUFSC) se consolide como espaço de diálogo com a comunidade interna e externa e como instrumento pedagógico fundamental na formação de leitores.
  • Criar as condições para que EdUFSC seja referência na cena editorial brasileira, além de intervir na vida cultural da cidade, do estado e do País.
  • Reabrir a Galeria de Artes no Centro de Convivência e demais espaços de expressão cultural.
  • Realização da Sepex em caráter itinerante, a fim de fomentar o intercâmbio entre os campi e democratizar o acesso da sociedade à pesquisa e à extensão realizadas nos vários campi da UFSC.
  • Tornar o prédio da Travessa Ratcliff um espaço aberto a manifestações culturais, integrando-o ao Instituto Arco Iris.

Por tudo isso, no dia 28 de março vote #80, IRINEU REITOR!